# 55 - A Contrição

Sobre a Carta

Naipe: Dez de Espadas
Verso: "Não semeies mato na tua horta, nem o cultives em teu coração."
Chaves: REDENÇÃO - PERDÃO - LIBERTAÇÃO DE PRECONCEITOS E CULPAS - REPARAÇÃO DOS ERROS - PROVAS DA SUA COMPETÊNCIA, DAS SUAS CAPACIDADES.
Astro: Plutão
Cabalah: A - 1
Sobre:

Um momento onde a pessoa está analisando seu passado e está se libertando de uma série de preconceitos que ela tinha a respeito de si mesmo. É um momento de reavaliação da pessoa semelhante ao momento do Arcano do Apostolado 12 e o Ás de Espadas 64. Ou seja, depois de realizar um objetivo, que consumiu muito sacrifício, então dá aquela sensação de missão cumprida, provas realizadas, de não ter mais dívidas, nem obrigações e culpas. Ela se sente livre. É um momento de início de uma nova etapa, por ser o dez de Espadas Momento de reavaliação. Conquistas importantes que ajudam a pessoa a se libertar de preconceitos que ela tinha sobre ela mesma, por exemplo de capacidades que ela julgava não ter, ou defeitos que na realidade vinham de não confiar nos seus próprios valores. Esclarecimentos de mágoas. Liberação de culpas e arrependimentos.

Simbolos

Plano Espiritual: "A virtude humana de reconhecer o próprio erro."

No Plano Espiritual, o abutre avança do plano mental, símbolo da deusa Nekhbet, padroeira do Alto Egito. Indicando o fim de uma guerra civil. E o arrependimento de uma das partes.

Plano Mental: "O princípio da reparação voluntária."

No Plano Mental, O Faraó usando a coroa militar, Khepresh, analisando o saldo de sua batalha. Prisioneiros, animais, alimento e sabedoria. É o momento que a guerra acabou, o que ganhei, o que não ganhei, e o que eu vou fazer daqui para frente?

Plano Fisico: "A Contrição como ato de arrependimento."

No Plano Material, o servo, representando a experiência passada do general como ajudante e submisso. Hieroglifo que significa rezar, louvar, adorar.

Astro e a Casa:
Princípio:
Dica da Cabalah:

Exemplos

  • Análise dos resultados
  • Descobertas que te redimem de culpas
  • Esclarecimento de mal entendidos
  • Fim de um processo
  • Resolução de problemas
Amor:
A guerra acabou. O que sobrou? Era isso mesmo que você queria? Vamos corrigir os erros? Separar o que é preconceito, o que é realidade é tarefa difícil no amor. Tente ver os dois lados. O que é importante para você e o que é para ele(a). Com certeza vai acabar perdoando a si mesma(o) e por consequência ele(a) também. Repense, sem julgamento. Você não deve nada a ninguém. E como todos merece ser feliz.
Trabalho:
Perdão. Você não é culpada(o) de nada. Antes de reagir à mal entendidos, estude a realidade, a capacidade do outro de te entender. Reveja seus objetivos, e a extensão da sua capacidade para resolver a questão. Pare para balanço. Fim para a guerra, conte as perdas e os ganhos. Não vale à pena mais lutar por essa causa deste jeito. Reformate sua estratégia e muitos desentendimento poderão ser resolvidos.
Familia:
Alívio, perdão. Reparação de erros.
Caracter:
Introvertido. Preocupado. Pessimista. Crítico.