# 26 - O Prodígio

Sobre a Carta

Naipe: Escravo de Paus
Verso: "Foi tempo de colher, e é tempo de cozinhar; tempo foi de falar, e é tempo de calar."
Chaves: LIBERTAÇÃO DAS DEPENDÊNCIAS - RUPTURA DE ESTRUTURAS FRÁGEIS E INSUFICIENTES EM FUNÇÃO DA CRIAÇÃO DE BASES PRÓPRIAS
Astro: Saturno
Cabalah: X - 8
Sobre:

O Escravo mostra a necessidade de criarmos nossas próprias bases e nos libertarmos laços de estruturas que utilizamos para nos desenvolver, mas que no momento já estão nos impedindo de crescer. Mostra um momento que embora ainda não possuirmos toda a base para nosso total sustento, já não nos é permitido apoiar-se em estruturas antigas que nos serviram até agora. O pintinho quebrando a casca do ovo, é o símbolo desta carta, repetindo o significado do Arcano maior – A Fragilidade (16) – Diz do jovem se lançando a vida própria ainda sem toda a segurança, natural da inexperiência de vida. De uma forma mais geral, ela fala da perda do medo de quebrar com as dependências e dos mecanismos de defesa que utilizamos para nos proteger até agora. Ruptura de bases onde você se apoiava até agora. Perda do medo de se desprender das dependências. Quebra de mecanismos de defesa. Um momento onde a gente está abrindo mão de uma série de apoios em função de criar a própria base. Saída da casa dos pais, ou de emprego onde estávamos dependentes e que não trazia a satisfação das nossas necessidades.

Simbolos

Plano Espiritual: ''A virtude humana de criar o surpreendente o buscar o maravilhoso. ''

Hapi, deus do Nilo, outra representação das estações, mas aqui ela refere-se ao futuro, a esperança de uma boa cheia das águas do Nilo, trazendo a boa colheita e abundancia. Reforçando a noção do tempo da natureza.

Plano Mental: ''A ação do tempo como justiça e poder de manifestação."

Um jovem sobre uma base de pedra dentro do Nilo, as águas estão subindo, e ele ainda tem que construir o barco, com os papiros que estão ao seu lado. Ele tem que se lançar ao rio, em busca da matéria prima, antes que seja tarde. Os barcos construídos de papiro são símbolos de proteção.

Plano Fisico: "O Prodígio no ato de consumar-se. ''

Deus Ammut, o devorador das almas. A teologia egípcia dizia que após a morte a alma do indivíduo passaria pelo Julgamento de Osíris, onde o peso de seu coração, representado por um vaso nas inscrições, seria comparado ao peso de uma pena. O coração representando os feitios da pessoa durante sua vida na terra, e a Pena da Deusa Maat significando a justiça, a verdade. Indicando um momento em que suas ações nesse momento trarão consequências no futuro.

Astro e a Casa:
Princípio:
Dica da Cabalah:

Exemplos

  • Iniciar projetos e negócios
  • Mudança de casa
  • Saída de um trabalho que não te trazia estabilidade
Amor:
Quebra das resistências no campo afetivo. Libertação dos medos. Relação com uma pessoa que está insegura, carente.
Trabalho:
É nos momentos de aparente fraqueza que temos a coragem de ousar iniciar novos projetos. E agora ou nunca. Faça!
Familia:
Filho que exige mais atenção, pela fragilidade física ou emocional. Ou momento onde o filho está se libertando da dependência financeira, mas por vontade própria, não por ter toda a estrutura necessária.
Caracter:
Frágil. Inseguro. Dependente. Debilidade física. Pessoa que está iniciando à construção de uma estrutura nova, e está sentindo-se muito insegura com isso.